coração poeta:

quando a emoção começa a pensar

July 11, 2014 at 12:26pm
0 notes

Vem pra casa
E fica
Faz um ninho
E me amassa.

July 8, 2014 at 9:50pm
0 notes

o seu corpo
com maestria
quero

o seu rosto
com delicadeza
beijo

o seu amor
com intensidade
preciso

June 19, 2014 at 7:38pm
0 notes

Quem sabe um dia.
A gente compre uma pia.
Pra lavar os restos de carinho.
Que ficaram pra jantar.

7:32pm
0 notes

Gosto da sua habilidade
De me fazer rir.
Se é o melhor remédio.
Eu tenho a farmácia inteira.

7:22pm
0 notes

Eu quero só mais um.
Mas que esse um seja o ultimo.
O ultimo dos moicanos.
A ultima bolacha do pacote.

June 9, 2014 at 9:08pm
0 notes

To sozinho.
To carente.
Querendo carinho.
Querendo a gente.

May 22, 2014 at 9:47pm
0 notes

Cansado de tudo
De todos
Fazendo força sem resultado.

May 21, 2014 at 10:16pm
0 notes

Acidente

Ta batendo.
Ta batendo aqui dentro.
Forte. Mais forte do que eu gostaria.
Ta batendo e eu não quero abrir.
Mas não quero que pare.
Ta batendo tão forte que não consigo explicar direito, não consigo respirar direito, não consigo nem pensar em não fazer direito.
Ta batendo, senhor.
Ta batendo e agora o que faço?

May 19, 2014 at 1:15am
0 notes

De que me adianta querer falar francês?

Não quero falar francês, língua velha, cheia de bicos e gramática complicada. Serve só pra dar nomes de pratos gourmet em restaurante que cobra mais que o crescimento da inflação.

Não quero falar francês, pra ficar me abrindo pra ninguém, falando frases sem sentido nenhum, que nenhum dos meus amigos vai entender.

Não quero falar francês, é a língua do amor e amor é coisa de gente velha que não é suficiente pra si mesmo.

Não quero falar de amor, aquela coisa que francês gosta de falar e me vai me fazer lembrar que tanto a França como você estão longe de mim.

Não quero falar de você, sem amor, sem gourmet.

1:08am
0 notes

A porta.

Chego em frente à porta de madeira pintada de branco, olho para a maçaneta preta de alumínio, comum, uma porta ordinária que faz o seu trabalho, essa, em particular, leva a um banheiro com azulejos de cor bege. O estilo do banheiro, assim como a porta branca, é predominantemente influenciado pela arquitetura dos anos 90.

Aquela porta faz toda a diferença pra aquele banheiro, mas não é a porta dos sonhos de ninguém. Talvez essa porta queira ser a porta da frente de uma mansão em Mallorca, aquela de arquitetura contemporânea, grande, com maçanetas arrojadas e mogno no corpo. Aquela que fica olhando o novo Porsche do vizinho francês que tem a grama mais verde de toda a ilha.

Mas ela era uma porta, em um banheiro, em um apartamento datado dos anos 90. Se ela sumisse iriam substituí-la por outra branca, com um puxador mais novo. Mas ainda seria uma porta de banheiro, em um apartamento datado dos anos 90.